Lançada a primeira chamada do Programa Ciência na Escola

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançam chamada de seleção de projetos que visem ao aprimoramento do ensino de ciências na educação básica. A chamada é a primeira iniciativa no âmbito do Programa Ciência na Escola, que será lançado ainda neste mês de Abril.

Está previsto um investimento total de R$ 10 milhões em projetos que versem sobre o ensino de qualquer uma das disciplinas que fazem parte do currículo escolar dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. O objetivo é privilegiar o letramento científico, o uso de abordagens investigativas e de metodologias ativas de ensino, a aproximação entre as Instituições de Ensino Superior (IES) e as Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICT) com as escolas públicas, a disseminação dos métodos científicos das diferentes áreas do conhecimento, a integração entre as disciplinas e o despertar da vocação dos alunos e professores da educação básica para as carreiras científicas.

Segundo o Secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas do Ministério, Marcelo Morales, essa ação é fundamental para cumprimento dos objetivos do Programa Ciência na Escola que ¿tem o importante propósito de estimular alunos para as carreiras científicas, qualificar professores para o ensino por investigação científica e fortalecer a interação entre instituições de ensino superior e escolas de ensino fundamental e médio¿, ressalta.

A Diretora de Engenharias, Ciências Exatas, Humanas e Sociais do CNPq, Adriana Tonini, ressaltou que ¿nos últimos anos, o CNPq tem investido, por meio de várias iniciativas, na aproximação entre instituições de pesquisa e escolas da educação básica, por acreditar que as ações para despertar o interesse dos alunos pela ciência e tecnologia são mais efetivas se realizadas desde o ensino fundamental¿.

Veja também  Alunos participam de Jornada Espacial em São José dos Campos

No caso do Programa Ciência na Escola, segundo a diretora, a Chamada lançada pelo CNPq tem como foco, além de fomentar a pesquisa na área de ensino de ciências, ações específicas dentro das escolas para a realização de iniciativas inovadoras e o desenvolvimento de produtos que possam ser aplicados no aprimoramento da qualidade do ensino de ciências na educação básica pública brasileira. ¿A expectativa é a de que essas iniciativas permaneçam sendo executadas dentro das escolas mesmo após o final dos projetos, de modo a beneficiar o maior número de alunos do ensino fundamental e do Ensino Médio¿, finalizou.

A submissão de propostas está aberta a partir desta quinta-feira, 11, com prazo de envio até 27 de maio. Os projetos devem estar inseridos em uma das três linhas de apoio: Pesquisa sobre o ensino de ciências na educação básica; Ações de intervenção em escolas de educação básica com foco em ensino de ciências; e Estudos avaliativos sobre o Programa Ciência na Escola.

Veja aqui a chamada na íntegra.

O Programa Ciência na Escola

O Programa é uma iniciativa conjunta do MCTIC, CNPq, Ministério da Educação (MEC) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Estão previstas, além da chamada do CNPq, outras três ações, que transcorrerão simultaneamente: Chamada Pública para Instituições – Seleção de Redes para o Aprimoramento do Ensino de Ciências na Educação Básica; Olimpíada Nacional de Ciências – 2019; e Especialização à distância em Ensino de Ciências – ¿Ciência é Dez!¿.

Saiba mais em https://www.ciencianaescola.gov.br/app/ciencianaescola/sobreoprograma

Coordenação de Comunicação Social do CNPq

 

Foto: Pixabay

Fonte: CNPq

Compartilhe: