Brasil, 27/01/2020

Complexo Hospitalar de Niterói inaugura consultório de amamentação

Ação educativa é destinada a puérperas que tiveram bebê no hospital

dino

Niterói, RJ, 14/01/2020 –

Em novembro, foi inaugurada, no Complexo Hospitalar de Niterói, uma novidade para facilitar a assistência no pós-parto. Trata-se de um consultório de amamentação, originado de uma ação destinada às pacientes que deram à luz recentemente no hospital.

As puérperas que tiverem seus bebês no CHN têm direito a uma consulta com acompanhante em até 10 dias após o nascimento do bebê. Para tal, o agendamento pode ser realizado diretamente pela Central de Exames do hospital. As consultas são realizadas por enfermeiras obstetras com expertise em aleitamento materno.

A enfermeira Carolina Alves Felipe, coordenadora da maternidade do CHN, comenta que o objetivo do consultório é orientar, apoiar, treinar e ajudar as mães no processo de aleitamento materno nos primeiros dias após o nascimento do bebê. “Esse primeiro período do puerpério é normalmente repleto de mudanças que exigem uma reorganização familiar, social e psicológica. Por isso, é um momento importante, para que a mulher compreenda esse papel com base em suas vivências, a fim de garantir o sucesso na amamentação. Esse novo espaço vai ajudar a fortalecer o vínculo entre mãe e filho e incentivar e apoiar as mães e as famílias nesse período tão especial”, comenta.

“O CHN se preocupa com a mulher e sua família mesmo após a alta hospitalar. O consultório segue a política nacional de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Disponibilizamos uma equipe com profissionais capacitados e atualizados constantemente sobre o manejo da saúde da mulher e da criança e com habilidade no aconselhamento em diversos eixos da temática de aleitamento materno e outras orientações pertinentes ao período do pós-parto”, acrescenta Carolina.

Outro destaque da ação é a otimização da experiência do pós-parto. É comum que as pacientes apresentem alguma demanda relacionada com o aleitamento materno nos primeiros momentos, como dificuldade de amamentar ou o desenvolvimento de complicações, como fissura e mastite. Por meio dessa proposta, o consultório vai trabalhar a educação, prevenção e promoção da saúde para que essas intercorrências não aconteçam.

Compartilhe: