Observatório do CGEE produz um dos bancos de dados sobre CubeSats mais completos do mundo

O Observatório de Tecnologias Espaciais (OTE) do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) acaba de disponibilizar um dos bancos de dados sobre CubeSats mais completos do mundo, sendo o único no Brasil sobre o tema. A iniciativa foi publicada no artigo Towards the Thousandth CubeSat: A Statistical Overview, que aparece na mais recente edição do International Journal of Aerospace Engineering (Jornal Internacional de Engenharia Aeroespacial).

O banco de dados reúne informações a respeito dos pequenos satélites como: objetivos das missões, contratantes, tecnologias acopladas e órbitas. De acordo com o levantamento, hoje a maior utilização desse produto é no sensoriamento remoto da Terra, com ampla aplicabilidade no setor espacial, como, por exemplo, em telecomunicações e defesa.

De acordo com dados apresentados no artigo, o OTE havia previsto que, ainda em 2018, o milésimo CubeSatseria lançado, feito concretizado em dezembro. Com o aumento progressivo de sua utilização, em 2021 a expectativa é que cerca de mil CubeSats sejam lançados anualmente.

O observatório acompanha o desenvolvimento de tecnologias com potencial para serem utilizadas na área espacial, além de proporcionar informações e dados estatísticos sobre essas inovações. Em 2019, os estudos do OTE serão focados na  propulsão elétrica para esses pequenos satélites.

Veja também  No ES, ciência e tecnologia qualificam a produção de cacau

CubeSats

Os CubeSats são uma alternativa confiável de baixo custo para o desenvolvimento de satélites. Idealizado para ser empregado no âmbito acadêmico, esse pequeno satélite, com apenas 10 cm de aresta, teve sua utilização difundida sobretudo para a área comercial, que corresponde, atualmente, a 57% da demanda.

A diminuição de custos de produção está relacionada ao intenso desenvolvimento tecnológico em microeletrônicos nos últimos anos e à dispensabilidade de grandes equipes para a execução dos projetos. Hoje, o país que mais realiza lançamento de CubeSats é os Estados Unidos, seguido pela China e pela Rússia.

Para conferir o artigo na íntegra, acesse este link https://www.hindawi.com/journals/ijae/2019/5063145/.

 

Foto: European Space Agency

Fonte: CGEE

Compartilhe: